Pouca chuva e muita variação na cobertura de nuvens até o fim de semana.

A frente fria que passou ontem por nossa região está sobre o Rio de Janeiro. Uma massa de ar polar está atuando na região sul, com seu núcleo sobre o oceano, na altura da Argentina. Também temos um ciclone sobre o oceano, na altura do Rio Grande do Sul, que deixou o mar agitado. Essas duas condições facilitarão para os próximos dias a circulação marítima. Assim o sol aparecerá, mas com grande variação na cobertura de nuvens. Momentos de muitas nuvens, intercalando com momentos de pouquíssimas nuvens. Quando a nebulosidade for mais intensa teremos alguma chance de chuva fraca bem isolada. Permanecem as condições de alagamento ou ressaca em nossa região. Isso se deve a maré de astronômica de sizígia associada a maré meteorológica. Observe a imagem de satélite nuvens concentradas somente sobre o planalto e litoral norte.

Imagem do satélite GOES 16/NOAA/EUA – Canal do Visível – dia 08/04/2020 – Hora local: 06:50 – Sul do Brasil. Fonte: RAMSDIS Online – Central and South America and the Caribbean, Cooperative Institute for Research in the Atmospere, Colorado State University, EUA, modificado por LabClima/UNIVALI.

Dessa quarta-feira até domingo teremos sol com variação na nebulosidade. Chance de chuva fraca bem isolada nos momentos de maior presença das nuvens. A previsão de chuva, mesmo assim com pequeno volume, é esperada entre terça e quinta-feira da próxima semana.

As temperaturas continuarão agradáveis. As mínimas ficarão entre 12/16°C e as máximas entre 23/26°C. Ventos de sudoeste e sudeste predominarão até parte do domingo. Rajadas médias inferiores a 30 km/h.

Ondas entre leste e sudeste conforme a praia. O tamanho médio ficará entre 1 a 1,5 metros. Chance de séries maiores.

Mar agitado fora da costa com ondas de até 4 metros. Essa condição permanecerá até sábado. Assim necessita-se de cautela na navegação e restrição para embarcações de pequeno porte.

Com a lua cheia e maré astronômica de sizígia associada a maré meteorológica permanece ainda condições de alagamento ou ressaca em nossa região.

Autor: labclima

Climatologia Meteorologia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s